xHamster antigo
This is a print version of story Alelucena diário de uma crossdresser by alelucena1 from xHamster.com

Alelucena diário de uma crossdresser

Oie meu nome é Alessandra! Sempre sonhei num sexo grupal com 5 negros pauzudos!! Pedreiros, porteiros etc e tal... meu marido arranja o encontro pra me satisfazer!
Na hora marcada os caras entram no meu quarto e já estou prontinha, cheirinho de lavanda no corpo, duchinha anal feita, so de baby-doll calcinha fio dental enfiada no rego e sandalinha de salto alto.
Percebo pelos olhares que eles adoraram e já vão sacando aqueles caralhos maravilhosos!!! Grandes, enormes e duros!!!!
Meu namorado senta no sofá só olhando, não me sinto rifada e já agachadinha fico admirando e chupando aquelas picas enorme s!
Sem perceber sinto um deles alisando meu bumbum, põe de lado a tirinha da calcinha e começa a me dar um banho de língua no meu anel apertadinho... que delícia!!!
Comecei a gemer e eles a me chamar de puta, e falando muita baixaria! Fico bem arreganhadinha, pois língua no cuzinho é uma delícia... cai de boca no meu ânus literalmente enquanto eu mamava os outros 4!!!
De repente abre bem minhas nadegas, cospe no meu buraquinho com intenção de me foder! Recuo dizendo que não estou pronta e que vai doer! O carinha era o mais afoito dos 5!
Neste momento os palavrões aumentaram e meu namorado pediu pra ir com calma. O que só piorou a situação, foram até ele e amarraram ele na cadeira!!!
Comecei a ficar com medo! Quando o cara viu que meu namorado já estava controlado, cuspiu novamente no meu cu e bateu com sua pica na minha bunda. Pude perceber que era enorme pelo tato, pois os outros não me deixavam olhar para trás.
Colocou de uma só vez!!!! Afff que dor!!! Comecei a berrar, recuar! Quando levei um tapa na cara! Percebi que a brincadeira tinha ficado seria! Estava sendo estrupada de verdade!
Sendo enrabada sem dó e um outro tentando me fazer garganta profunda! Engasguei, quase vomitei e o outro ainda me arrebentando sem dó! Neste momento a dor já tinha passado. Talvez porque percebi que tinha um outro por baixo de mim chupando meu pirulitinho. Estava começando a gostar e gozei rapidinho com um pau atolado na minha bundinha um cacete na minha boca e ainda por cima levando um boquete! O negão gozou dentro de mim!!!
Pedi uma pausa, pois estava com a boca com câimbra de tanto chupar, meu cu cheio de porra e tinha acabado de gozar também!
Pausa que nada! Neste momento percebi que ainda tinha 4 doidos pra gozar! Um deles se deitou e mandou eu sentar no pau dele. Obedeci, pois me lembrei do tapa que eu tinha levado. A pica era grande e bem dura! “A gente tomou Viagra ! “ falou um deles. Dái percebi por que eles não amoleciam.
Sentei cavalgando pra saciar ele e com outra pica na minha boca. Queria que eles gozassem logo, pois o prazer já tinha passado além do que depois que eu gozo preciso de uma pausa!
O pior estava por vir... aquele que estava tentando eu fazer uma garganta profunda veio por trás! Aquela pica longa curvada e durona! Tinha sei lá uns 25 cm? E eu já atolada com um puta cacete grosso no meu cu!!!
Gritei! “ Por favor, não!!! Vai machucar!!!” Não deu outra levei outro tapa na cara!
Me lambuzaram de gel e começaram aquele DP anal bruto!! Um vai e vem que parecia não ter fim! Percebi que meu esposo ainda estava amarrado na cadeira sem poder me ajudar, mas o filho da puta estava de pau duro! Presenciando tudo!!!
O primeiro a gozar foi o que estava me rasgando por trás. Um cavalo, nem tirou pra fora. Gozou tudinho dentro de mim!
Até que enfim tirou, pois mesmo depois de gozar ainda continuava duro por causa do Viagra que eles tinham tomado.
Agora tinha dar um jeito de fazer aquela rola grossa do carinha deitado gozar. Claro que ficou muito mais fácil, porém naquele sobe e desce cada vez mais rápido gozei! Porém não pude me conter e defequei também, pois eu estava cheia de porra e aquele pauzão grosso batendo no meu útero... sentindo toda aquela porra e me cagando todinha o fortão ainda me fez sentar com mais força, até que enfim gozou!!!
Nessa altura achei que ia desmaiar. Quando alguém gritando! “Agora é a minha vez!” Nossa eu quis morrer, chorei, era um mulato bonito corpo definido acho que nós seus 20 anos acho que pela idade ele foi o último.
Mas o mais bruto de todos aquele da garganta profunda já foi falando pra todos: “Pessoal vamos partir no meio essa puta que caga no pau de macho!” Já foram abrindo minhas pernas no ar, uma de cada lado meu torço pra cima! Confesso que adoro essa posição ainda mais com um mulato bonito daquele! Foi uma mistura de dor e prazer sentido aquele jeba viril me atolando, parecia que ia sair pela minha boca! Por fim ainda pisou no meu rosto e mandou eu chupar seu dedão do pé pra eu ficar quieta! Finalmente gozou, e bastante! Pude sentir toda aquela porra me invadindo!
E eu já feliz da vida que tudo já tinha terminado!
Pra minha surpresa... o cara do pau grosso veio por cima também aí fodeu mesmo. Já foi me rasgando por completo! Gozou de novo e foram se revezando, aqueles que não conseguiam gozar cuspiam dentro do meu cu que nessa altura já sangrava! Felizmente soltaram minhas pernas e me deixaram desfalecida! Eu toda suja, gozada, lambuzada, ensanguentada! Saíram dando risadas e soltaram meu marido.
Ele vem ao meu socorro, me ajuda a levantar. Vou direto ao banheiro com ele me amparando, sinto meu ventre cheio. Sem vergonha confesso que caguei e junto desceu quase 1 litro de semem! Ainda amparada pelo meu marido preocupado quis tomar um banho. A nossa ducha fica ao lado temos um lindo quarto com suite. Detalhes a parte quando posicionei a duchinha pra me lavar, gritei!!! Eu estava toda fissurada, ardeu muito. O jeito foi só passar uma água morninha com a mão! Foi quando percebi que meu maridinho ainda estava de pau duro!!! Moral da estória fui eu quem pedi e me sentia arrependida. Me lembrei do carrinho novo que ele comprou pra mim na semana passada e me deu de presente de aniversário e hoje era dia dos namorados!
Perguntei rogada:” tem nojo de mim amor? Ainda quer me comer? “ percebi pela sua expressão que SIM!
Respondi: “ ok, mas por favor estou toda machucada! “ Ainda debaixo da ducha fico na pontinha dos pés pois sou pequena apenas 1,55m ele me currando novamente por trás. Quando ele para e se afasta eu falo: “pode vir com mais força amorzinho!” Foi quando ele ia falar sinto seu leitinho escorrendo pelo minhas pernas...
Me sussurrou nos meus ouvidos:
“Alessandra meu amor, foi a buceta mais gostosa que já comi na minha vida!”
Me pega nos colos, troca a roupa de cama e de colinho novamente me põe na nossa cama limpinha com lençóis branquinhos!
No dia seguinte mais mimos! Sandalinhas novas, calcinhas fio dental novas que não pude usar por uma semana pois eu estava toda esfolada! Saia de casa sem calcinha mesmo! Rsss sentar so de ladinho com um lado das nadegas! Hoje as pregas voltaram e nem pensar em trair meu marido de novo!
Mas... acho que ele que quer comer uma bucetinha novamente! A minha claro! Quem disse que quem não tem buceta da o cuzinho!? Eu tenho os dois e sou muito feliz!!!
Story URL: https://pt.xhamster.com/stories/alelucena-di-rio-de-uma-crossdresser-765875
Comentários 1
ou registe-se para poder publicar comentários
Querida Alessandra, adorei adorei adorei sua estória!!! Gostava de estar juntinha a você com esses negrões todos nos fodendo às duas até ficarmos doridas ;)
Muitos beijos da sua Lola
há 7 meses
Responder