Histórias de sexo grátis
Página 2

Missão pegar a Leticia e sua mamãe Mirela Parte 1

Bom Meu nome é D. e eu tenho 28 anos e vou relatar o que vem acontecendo comigo, moro num condominio no apartamento no 8 andar um certo dia olhando uns videos de umas gostosinhas no you tube e achei a Leticia dançando , novinha 12 aninhos rostinho lindo sorriso de safadinha um bumbum bem empinado e guloso pernas grocinhas pra sua idade peitinhos durinhos ainda saindo vivia sem sutiã no predio mas só comecei a reparar quando vi esse video ela dançava de shortinho de malha bem enfiadinho desenhava a pepeka um tesão era como sua mãe em miniatura, gozei muito e passei olha-la e ir comprar o pão na... Continuar»
Comentado por novinha15 1 mês atrás  |  Categorias: Masturbação, Primeira vez, Tabu  |  
3759
  |  
55%
  |  2

Fiquei com meu sogro e me apaixonei

Sei lá, acho que algo em mim foi despertado, meu namorado, simplesmente um cara, ,meu sogro é o típico homem de 50 anos, nunca imaginei sentir atração por alguém tão mais velho, mas aconteceu. Tudo começou quando fomos apresentados, tanto que a frase que ele disse quando eu perguntei desde quando que ele sente o que disse sentir por mim foi: desde a primeira vez que te vi com ele! Bem... Eu confesso que entrei em choque e ao mesmo tempo uma alegria me consumia, pois algo em mim também estava despertado pelo meu sogro, apesar de gostar do meu namorado. Eu pensava que ele havia me detestado, poi... Continuar»
Comentado por putinha123 1 mês atrás  |  Categorias: Anal, Fetiche, Maduros  |  
2564
  |  
36%

Inesquecivel....

Conheci a Lurdes e o Tó já há uns anos, casal cerca de 10 anos mais velho que eu. Sempre reparei na Lurdes, Mulher a meio dos quarentas e muito bonita, bem tratada, com um corpinho cuidado e em forma. Já o Tó, é um bom vivant, quase nos cinquenta, boa pinta mas com o corpo mal cuidado, onde se destaca claro a barrigona...

Há uns meses reparei que a Lurdes seguia quase diariamente as minhas redes sociais e fazia questão de se fazer notar e sempre que nos viamos fazia uma festa enorme, com beijos e abraços, eu como sempre reparei nela, andava entusiasmado que alguma coisa pudesse vir dali, m... Continuar»
Comentado por miguctx 1 mês atrás  |  Categorias: Hardcore, Maduros, Sexo em grupo  |  
2165
  |  
83%
  |  6

Sexo fácil com vendedor safado!

Gosto muito de caras que são másculos com um toque feminino, fui comprar uma blusa, até então tudo normal, porém notei que havia um cara me encarando, percebi que ele era vendedor, passei a achar que ele estava agindo assim só pra não perder a oportunidade de venda quando notasse o meu interesse por alguma peça, mas não, ele estava com o olhar quase que fixo, então comecei a "nota-lo", ele demostrava alguns trejeitos gays, o que me fez começar a corresponder o flerte, pensei: "Esse cara tá me olhando com mais intenções que apenas venda". Comecei investir em alguns olhares e sorrisos pra ver no... Continuar»
Comentado por de-pau-duro 1 mês atrás  |  Categorias: Homem Gay  |  
2451
  |  
100%

Magia a três

Os meus nervos tinham progredido nos últimos dias, a ansiedade tomou conta de mim nesse dia, e desde que M tinha entrado estava à toa, toda destrambelhada.
Tinha começado a beber alguns baileys (para tentar acalmar os nervos). Não estava a funcionar. Fui no andar superior para colocar as crianças na cama, mas ao chegar à porta do quarto lembrei-me que elas tinham ficado essa noite com a avó. Só piorou a noção que estava nervosa.
Tinha dito ao meu marido para ir preparando toda a situação, fugindo eu própira do planeamento da mesma, do misto de sentimentos de receio e desejo que me provocava... Continuar»
Comentado por brasa 1 mês atrás  |  Categorias: Fetiche, Sexo em grupo, Sexo lésbico  |  
2490
  |  
100%
  |  6

Vamos ver um filme?

Todas as minhas histórias terão nome ficticios tudo o resto é verdade e aconteceu.

O meu nome é manuel tenho um 1,80 na altura desta historia andaria na casa dos 20 anos, cabelo claro, olhos claros ,sou atraente e sempre tive bastantes namoradas e amigas coloridas.

A pessoa envolvida nesta historia e que irá aparecer em mais algumas chama-se maria tem 1,60m , magrinha, com umas mamas enormes 36c e um rabo bem redondinho.

Aqui há usn anos atrás não havia Netflix, então a desculpa para nos encontramos com alguém era "estou sozinho vamos ver um filme?), toda a gente sabia o que isso sign... Continuar»
Comentado por bolaquentept 1 mês atrás  |  Categorias: Hardcore  |  
2138
  |  
75%
  |  2

Sonhos eroticos Pt 1- Ajudando uma amiga

Uma das ultimas noites tive o seguinte sonho:


Estava eu, deitadinho, pronto para uma punhetazinha ao acordar, quando me tocam à porta: Era uma amiga minha, nome fictício Erica, morena, com um corpo espectacular e tudo no sitio, que já conheço e sei que gosta de umas boas fodas...Mas nunca tivemos a oportunidade de ir a vias de facto

Acontece que ela estava com problemas pessoais e queria um «ombro amigo» e eu não me importo de o ser... Só que já estava teso e a proximidade dela ainda fez pior..Mais ainda quando ela me pede p lhe fazer uma massagem (eu reparei que bem precisava) e se poe em ... Continuar»
Comentado por JDanielMM 1 mês atrás  |  Categorias: Fetiche, Masturbação, Primeira vez  |  
1903
  |  
75%
  |  2

E chega um dia que uma gaja se cansa de foder

E esse dia chegou.
Estou de férias. Estive em África de férias. Estive na Europa de férias. Estive na Europa de férias. Três continentes, três tipos de caralhos diferentes. Continuo de férias, não digo em que continente estou (aos que são de Braga, não corram os 4 ou 5 que lá há, que vão perder tempo).
Não há como negar. O caralho africano é especial, não pelo tamanho, não pela dureza, mas pela textura,pelo odor e sabor, no fim sabe a couro, dá aquela ideia que não vai acabar nunca. Tem uma grande vantagem, também se encontra abundantemente na Europa, não é preciso fazer grandes viagens par... Continuar»
Comentado por miss_olympia 1 mês atrás  |  Categorias: Hardcore  |  
2674
  |  
87%
  |  8

3 ans de pénitence - 12

Pire, qu'au temps des Borgia.

À midi, je mange tout ce qu'on me donne. Je ferai tout ce qu'on me dit pour éviter d'être punie. Mais bien sûr, dans certaines circonstances, il n'y a pas moyen de l'éviter.
Quand on a fini de manger, Henri le bredin, qui mange avec sa mère à la table des gardes, vient vers nous. Je me fais toute petite mais c'est vers moi qu'il se dirige. Il me demande :
— Tu me... reconnais ?
— Oui, bien sûr Monsieur Henri, vous êtes le maître de la petite chienne.
Grand sourire jaune.
— Oui, c'est ça... Viens... avec moi, chez l'É... l'Év... l'Évêque.
Étant prête à tou... Continuar»
Comentado por mia-michael 1 mês atrás  |  Categorias: Anal, BDSM, Sexo em grupo  |  
1736
  |  
83%
  |  2

mijada no bikini

Olá
Aqui vai mais uma deliciosa passagem de minhas mijadas que produziram um grande tesão.
Foi em uma viagem ao litoral com o Dinho, meu ex-namorado que citei em outro conto, que sentia um grande tesão quando eu ficava desesperada para mijar. Fomos ao Guarujá e ficamos hospedados em um apê ne um amigo dele.
Aproveitamos um dia de sol para curtirmos o sol e a praia, coloquei um bikini azul e uma canga e fomos tomar banho de mar e pegar um bronze. Quando íamos voltar ao apê o Dinho disse que precisávamos fazer umas comprinhas e aproveitamos para andar e passear um pouquinho. Durante esse pass... Continuar»
Comentado por jipbra 1 mês atrás  |  Categorias: Fetiche  |  
2087
  |  
90%

Nosso pequeno segredo do colegial (GAY)

Essa é uma história verídica e aconteceu comigo e com um colega de classe meu que por motivos óbvios não vou citar nomes, então vou chamá-lo de Pedro. Eu e Pedro não tínhamos muita intimidade, ele era só mais um dos muitos colegas que eu tive no colegial, e também porque não tinha muito oque conversar com ele, pois éramos de grupos diferentes, sabe... nerds, atletas, patricinho e etc. Eu era atleta e um dos alunos destaques nas aulas de ed. física no handball e futebol e o Pedro era patricinho, tinha sempre as melhores coisas, tipo moc... Continuar»
Comentado por Roludo26CM 1 mês atrás  |  Categorias: Anal, Homem Gay, Primeira vez  |  
2451
  |  
78%

A irmã do meu amigo

Me chamo B. e eu tenho 19 anos. Tinha combinado com meu amigo Lucas que teríamos uma partida de futebol marcado, como de costume, como eu era praticamente de casa entrei direto, assim que encontrei a mãe dele sai logo perguntando

"Oi tia, cadê o Lucas?"
"Oi querido, Lucas deu uma saída com o pai dele..."
"Que droga! a gente tinha combinado um jogo hj. Aline tá em casa?"
"Sabe como aquele garoto é esquecido, a Aline está lá atrás na garagem"

Segui para a garagem, estava frustrado por perder a partido, mas pelo menos iria ver a gostosa da Aline, irmã de Lucas. Ela tinha cabelo comprido,... Continuar»
Comentado por brunocastas 1 mês atrás  |  Categorias: Masturbação, Primeira vez, Voyeur  |  
3481
  |  
85%

LIBERANDO ESPOSA PARA O AMIGO

Convidados a passar um fim de semana numa praia do litoral de SP, estávamos acompanhados do dono da casa que nos hospedava, chamado Alex, sua namorada Fernanda e um amigo do casal chamado Marcelo.
Eu já conhecia o Marcelo já há algum tempo, mas tínhamos nos afastado desde que me casei com Gabriella. Éramos companheiros de, noitadas, e por diversas vezes amanhecemos dias em gandaias junto de uma turma bem grande de fanfarrões.
Foi uma grande surpresa ao nos depararmos no local combinado para a viagem. Cumprimentamo-nos e nos pusemos a colocar as novidades em dia desses últimos dois anos que j... Continuar»
Comentado por AndreOakley 1 mês atrás  |  Categorias: Fetiche, Sexo em grupo, Voyeur  |  
4028
  |  
100%
  |  1

O complexo da cobiça: encontros

Primeiro capítulo: Encontros

O desejo é um palimpsesto misterioso sob o qual o sexo se manifesta, personificando atitudes, olhares, trejeitos e gestos das mais diversas nuances. A natureza humana pode ser tão exótica quanto a metamorfose de uma mariposa. Cobiçar um corpo é agir sob o véu dissimulado de um salteador. Muitas vezes, é também se esconder sob a melindrosa capa da moral, para quando desnudar o desejo, revelar as entranhas profundas dos nossos sentidos mais primitivos.

Começamos a cobiçar o que vemos todos os dias. Por acaso, em The Silence of the Lambs (O Silêncio dos I... Continuar»
Comentado por alonso_rique 2 meses atrás  |  Categorias: Fetiche, Hardcore, Voyeur  |  
4261
  |  
98%
  |  2

Despertar III - a primeira vez

Se já leram as outras duas entradas percebem o quão eu gosto de voyeurismo!
Adoro ir no Metro e olhar para uma mini-saia de perna cruzada e imaginar o que esconde... sempre fui um ser curioso, desde miúdo, era o mais esperto da turma. Não tinha as melhores notas porque não perdia tempo a estudar, mas era curioso e procurava saber mais do que aquilo que me ensinavam.

No sexo sou assim. Quero sempre conhecer mais, saber mais... não me fico pelo comum e usual, isso mata-me todo o interesse.

A minha "primeira vez" no voyeurismo, a real, foi com 25 anos.

Trabalhava num call-center e tinha... Continuar»
Comentado por AdaoTesao 2 meses atrás  |  Categorias: Fetiche, Primeira vez, Voyeur  |  
2089
  |  
100%
  |  3

O inicio

Sempre tive gosto para mulheres mais velhas, mas juntei me com uma mais nova que eu ironia dos destino. namoramos algum tempo até que foi altura de conhecer a família dela. Ora o meu cunhado estava casado com uma mulher 10 anos mais velha que ele, quando a vi fiquei completamente fascinado. Sem exageros, é uma mulher linda morena tanto de pele como de cabelo, tens uns seios enormes e um rabo muito bem feitinho. Mas como ela era casada com o irmão da minha mulher, não pensei muito na situação de nos envolvermos. Passado algum tempo, já com muita confiança entre todos e visto ela não ter carta d... Continuar»
Comentado por luis_dis 2 meses atrás  |  Categorias: Maduros, Primeira vez  |  
2680
  |  
100%
  |  2

Uma noite com uma trans

Numa noite dessas, conheci uma transsexual muito linda, daquelas que você só diz que é trans porque a piroca dela bateu na sua cara, e que piroca! Conversando com ela, descubro uma deliciosa mulher sedenta por muito sexo, mas não era qualquer sexo, ela queria ter sua piroca saciada, me animei muito pois sempre estive atrás de uma transsexual daquele jeito, me propus a tentar saciar aquela rola. E ela disse que aquela frase já havia deixado-a de pau duro, perguntei se eu podia por a mão, ela logo foi puxando minha mão entre suas pernas, por baixo do vestido, por cima da calcinha, sinto que seu ... Continuar»
Comentado por gordelicioso 2 meses atrás  |  Categorias: Anal, Fetiche, Travestis  |  
2673
  |  
85%

Minha Hot Wife

O relato é verdadeiro e longo, mas a leitura valerá a pena!

Sexta-feira, 30/06, foi um dia ESPETACULAR (em maiúsculas para destacar o quão espetacular foi). O dia já começou ótimo, acordei (de pau preso, é claro) fazendo um carinho na minha esposinha e depois a fiz gozar chupando sua bucetinha, até onde me lembro isso nunca tinha acontecido.

Ela gozou gostoso na minha boca enquanto me provocava com a tornozeleira no pé direito (agora com um ingrediente a mais, ela colocou a chave da minha gaiola na tornozeleira e isso acrescentou ainda mais tesão) enquanto me chamava de corno manso do pa... Continuar»
Comentado por cpl3334 2 meses atrás  |  Categorias: Fetiche  |  
2212
  |  
100%
  |  1

No Baile Funk com a Maninha Parte1

Um dia qualquer minha irmã chega a mim e me convida para ir a um baile funk junto a duas amigas suas. Me convida pois sabia que nossa mãe não iria ficar tão preocupada se eu tivesse junto. Vi ali minha chance de passar a noite toda encoxando minha irmã sem medo que alguém ficasse notando ou crucificando tal ato. A princípio iria ir vestido com uma calça jeans e uma camiseta justa no corpo, mas quando a vi pronta para o baile, mudei de ideia. Ela estava vestida com uma espécie de vestidinho, que ao invés de ser uma saia, era um shorts a parte de baixo. Me perdoem pela minha ignorância quando a... Continuar»
Comentado por pauzaohomenageador 2 meses atrás  |  Categorias: Fetiche, Masturbação, Tabu  |  
4080
  |  
71%
  |  4

Transei com minha sogra gordinha

Transei com minha sogra gordinha

Sempre respeitei bastante a minha sogra, e nunca havia nem pensado em ter alguma relação com ela. Na verdade eu sempre a vi como uma 2ª mãe, e ela como um filho. Depois que casei com C. minha esposa, passei a freqüentar menos a casa da minha sogra. Geralmente íamos visitar nos finais de semana. Certa vez numa sexta, eu e minha esposa chegamos cedo na casa da minha sogra, por volta das três da tarde, meu sogro não estava, tinha saído. Lá por volta das quatro horas da tarde, minha esposa saiu para um compromisso, mas eu decidi ficar na parte de fora da casa le... Continuar»
Comentado por Boitrix 2 meses atrás  |  Categorias: Maduros, Primeira vez  |  
3529
  |  
86%